sexta-feira, 15 de julho de 2011

Raposa Serra do Sol, Mentira, Mentira,... e uma Verdade

Diante do fracasso rotundo da ideologia socialo-comunista na Opinião Pública brasileira, a esquerda precisa recorrer a várias “ferramentas” que lhe possibilitem avançar. Avançar sobretudo contra o direito de propriedade, garantido pela Lei de Deus, pelo direito natural e, bem mais fracamente, pela nossa constituição já bastante esquerdizada.
Uma dessas ferramentas são os índios. Defender seu direito exclusivo à terra, contra os brancos “invasores” como se estes fossem criminosos e desumanos exploradores. Expulsá-los e inaugurar em seu lugar um “paraíso” comunista.
Inicialmente os índios são reduzidos a marionetes nas mãos do CIR (órgão derivado do comunista Conselho Indigenista Missionário), “conscientizados” de que são explorados pelos que lhes dão emprego e comida. Uma mentira. Tudo argumentado com base na interpretação marxista da religião católica. Outra mentira.
Ao mesmo tempo vão conduzindo os índios a recuarem no tempo para antes da evangelização, incutindo-lhes que devem voltar aos seus hábitos selvagens pagãos, sua verdadeira cultura. Outra mentira.
Numa etapa seguinte, os agentes missionários (outra mentira), lhes incutem o ódio contra aqueles que eles devem expulsar de “suas terras”, os proprietários. A ação desses missionários do comunismo faz com que a população indígena se divida ao meio entre a favor dos proprietários e contra.
Por causa da atuação esquerdista e anticatólica do CIR, os índios favoráveis à manutenção das propriedades abandonam a Igreja Católica e passam para uma igreja protestante.
Abstraindo da parcela indígena inteiramente amalgamada com os brancos e contrários à expulsão, a mídia corre solícita a apoiar o movimento de esquerda exagerando suas proporções (outra mentira) e atacando os produtores.
O Governo manda força policial para impor o “desejo dos índios”. Outra mentira.
Há confronto, o assunto vai para o Supremo, que considera justo dar ganho de causa aos índios esquerdistas. Outra mentira.
Expulsos ditatorialmente e à força os proprietários, começa o “paraíso” dos índios. Outra mentira.



Hoje, dois anos depois, conforme mostra o Jornal da Band, a Reserva Raposa Serra do Sol está no mais vergonhoso abandono. Os índios que lá permaneceram passam fome e não têm como conseguir trabalho e comprar o necessário.
Outra parte foi para a capital, Boa Vista, onde vive na miséria, em barracos, disputando no lixão da cidade com os urubus algo para sobreviver.
Quem sabe ser-lhes-á oferecido o bolsa família? Desde que votem no PT, é claro...
Onde está o grande pai dessa criança, o ex-presidente Lula?



Onde estão os defensores dos Direitos Humanos preocupados até com o Bin Laden?
Onde está o “amor ao próximo” dos neo-missionários de Marx, e não de Cristo?
Mais uma das grandes mentiras da esquerda.
Se a esquerda parar de mentir sobreviverá?
Terminado o caso nacional da reserva Raposa Serra do Sol, constatamos que as propriedades privadas foram absorvidas pela União. Não restou lá um só proprietário.
Foi dado mais um passo rumo ao comunismo. Única verdade!
Veja o vídeo abaixo e abaixo em comprove.

video